Números de Energias Renováveis

Energias Renováveis e Soluções Ambientais no Brasil

O Brasil tem uma das matrizes energéticas mais limpas do mundo, com as fontes renováveis ​​representando mais de 80% da capacidade instalada de geração de energia do país. O país é o 9º maior consumidor e produtor de energia do mundo, possui um marco regulatório e legal competitivo e bem estabelecido no setor energético, com contratos de longo prazo para compra e fornecimento de energia (mais de 20 anos), um histórico de incentivos ao setor e um equilíbrio entre iniciativas estatais e privadas. As oportunidades vão desde o Mercado Regulado, com modelo bem sucedido de leilões, até o Mercado Livre, um modelo de contratação energética crescente e flexível, que hoje responde por 30% da demanda energética brasileira. O consumo de energia elétrica deve crescer 1.000 TWh no país, o que vai demandar US$ 150 bilhões em investimentos em energias renováveis ​​até 2050.

Favorecido por seu tamanho, abundância de recursos, políticas favoráveis ​​e segurança jurídica, o Brasil se destaca como o 1º da América Latina e o 3º do mundo em participação das energias renováveis ​​na matriz energética. Mais do que isso, o mercado energético brasileiro é enorme: o país, em termos de geração e demanda de energia, é também o maior player da América Latina e está entre os 10 maiores do mundo.

null

Destaques do Setor

  • As energias renováveis representam mais de 80% da capacidade instalada de geração elétrica do país - a 2ª maior do mundo
  • A geração elétrica de fontes eólicas e solares fotovoltaicas deve crescer para 150 GW até 2040, representando 44% da matriz brasileira
  • A produção de etanol cresceu 17% em relação a 2017, atingindo 32,3 bilhões de litros em 2018, novo recorde de produção.

Histórico de Investimentos

  • O Brasil atraiu cerca de US$ 20 bilhões de IED em energias renováveis de 2009 a 2018
  • 1º maior destinatário de IED em energias renováveis na América Latina de 2009 a 2018 - 35,2%
  • 3º maior destinatário de IED em energias renováveis no mundo de 2009 a 2018 - 11,6% *
  • O Brasil deve receber US$ 150 bilhões em investimentos em energias renováveis até 2050

* Dado referente aos países incluídos no ranking BNFE-Climatescope, ou seja, países emergentes, incluindo China, Índia, México, Argentina e Chile.

O Setor Energético Brasileiro - previsão decenal

O Plano Decenal de Expansão de Energia 2029 (PDE 2029) prevê que a capacidade instalada do Brasil crescerá de 176 GW, em 2019, para 251 GW, em 2029. Em particular, as fontes solares e eólicas terão um aumento considerável nos próximos 10 anos, de 2% a 8% e de 9% a 16% da matriz elétrica do país, respectivamente. Por fim, a demanda de energia do país crescerá mais de 20% até 2029.

Em suma, até 2029:

  • A demanda brasileira de energia crescerá mais de 20%
  • O Governo Federal planeja ampliar a capacidade eólica instalada para 40,16 MW (16% da matriz elétrica brasileira)
  • O Governo Federal planeja ampliar a produção de energia solar para 20,08 MW (8% da matriz elétrica brasileira)

null

O BNEF prevê que, até 2050, 98% dos investimentos em nova capacidade instalada de energia no Brasil serão direcionados para fontes de carbono zero.

Onde Investir

As oportunidades no setor brasileiro de energias renováveis estão concentradas principalmente no Nordeste, em parte do Sudeste e no Sul do país. Em termos de energia eólica e solar, essas regiões juntas representam mais de 90% da capacidade instalada no país e novos projetos de geração de energia são desenvolvidos ali. Além disso, o setor possui dois modelos complementares, o Mercado Regulado e o Mercado Livre, ambos oferecendo oportunidades de negócios.

Mercado Regulado

O Mercado Regulado brasileiro é um modelo de leilão de energia, incluindo fontes renováveis, que é planejado, executado e contratado pelo governo. O sucesso desse modelo é explicado por fortes incentivos, contratos de compra de energia de 20 anos ou mais e regulamentação clara e confiável.

Apenas no leilão A-6, realizado em 2019, foram negociados 1GW de geração eólica e 530 MW de solar. A energia contratada nos leilões de 2018 a 2022 representará em torno de 5 a 10% da capacidade instalada do Brasil. Por fim, estão programados 4 grandes leilões para 2020 e 2021, trazendo excelentes oportunidades para o setor.

Mercado livre

O Mercado Livre é um modelo B2B, um tipo de sourcing corporativo em que a principal vantagem para as partes é a possibilidade de negociar o preço da energia. Estima-se que, de 2003 a 2017, esse modelo tenha proporcionado uma economia de 29%. Atualmente, o Mercado Livre representa 30% de toda a demanda de energia do Brasil e aproximadamente 80% do consumo industrial. Hoje, a demanda mínima para entrar neste modelo é de 2.000 MW, mas para abrir o Mercado Livre para mais participantes, o governo vai reduzir gradativamente esse mínimo para 500 kW até 2023. O governo já estuda formas de abrir o Mercado Livre ainda mais a partir de 2023. Por fim, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estabeleceu um preço de referência para o Mercado Livre, reduzindo riscos e incentivando os investimentos nesse modelo.

null

Programas e Incentivos Governamentais

  • BNDES: o Brasil atraiu quase US$ 57 bilhões em novos financiamentos em geração de energia limpa entre 2010 e 2017, de longe o maior investimento na América Latina no período. A energia eólica sozinha responde por 56% do total, enquanto a fotovoltaica atraiu apenas 6%. No entanto, a participação da energia solar deve aumentar, já que os desenvolvedores de energia solar garantiram quase 2 GW em contratos nos leilões de 2017-2018. O BNDES tem desempenhado um papel importante no desenvolvimento do mercado brasileiro de energias renováveis. O banco é o maior financiador global de energia limpa, tendo desembolsado US$ 27 bilhões para projetos de energia renovável (excluindo grandes hidrelétricas) entre 2008 e 2017. Além disso, o BNDES aplica um requisito de conteúdo local estrito no financiamento de projetos fotovoltaicos e eólicos, estimulando fabricantes de equipamentos a montar fábricas no país.
  • Renovabio: o Programa RenovaBio é uma iniciativa do Ministério de Minas e Energia, lançada em dezembro de 2016, que visa ampliar a produção de biocombustíveis, com base na previsibilidade e na sustentabilidade ambiental, econômica e social, aprimorando as políticas e aspectos regulatórios dos biocombustíveis, incluindo o etanol.

Vídeos
null

Apex-Brasil e a pandemia da Covid-19.

Roberto Escoto, Gerente de Investimentos da Apex-Brasil, tem uma mensagem para você. Saiba como a Apex-Brasil está apoiando investidores estrangeiros durante a pandemia da Covid-19. Clique aqui para assistir no LinkedIn.

Nossa mensagem para os players ou investidores internacionais no setor de energias renováveis

Nossa mensagem para os players ou investidores internacionais no setor de energias renováveis

Daniel Prates, nosso analista de investimentos para Energias Renováveis, gostaria de compartilhar algumas ideias sobre por que ainda é hora de investir em energias renováveis no Brasil. Clique aqui para assistir no LinkedIn

Daniel Prates
Fale com Daniel Prates
Analista de Investimentos

Publicações
null

Sumário Executivo do Plano Decenal de Expansão de Energia

O Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE) é um estudo governamental anual realizado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia. Seu principal objetivo é prever a expansão do setor de energia brasileiro nos próximos 10 anos. Assim, o PDE fornece informações qualificadas e confiáveis sobre os diversos segmentos do setor energético, como o de renováveis, eletricidade, petróleo e gás, entre outros.

A Apex-Brasil, em cooperação com a EPE, traduziu o Sumário Executivo do PDE 2029 para o inglês. O Resumo destaca os pontos mais importantes do PDE.

Investment Guide to Brasil 2019

Investment Guide to Brasil é um guia em inglês que reúne informações essenciais de diversas fontes governamentais com o objetivo de facilitar seu conhecimento sobre o Brasil, sua economia, setores produtivos, ambiente de negócios e regulamentação de investimentos. Este guia foi elaborado para atender às necessidades de investidores em diferentes graus de maturidade quando o assunto é investir no Brasil. Em primeiro lugar, para potenciais investidores que podem não estar familiarizados com o Brasil, o guia pode ser a porta de entrada perfeita para a miríade de oportunidades de investimento disponíveis atualmente. Ele contém informações úteis e completas, traçando o perfil da economia brasileira e apresentando as principais oportunidades de negócios em diferentes setores produtivos. Em segundo lugar, para investidores prontos para fazer negócios no Brasil ou que buscam expandir suas operações brasileiras, o guia também serve como um companheiro de referência sobre investimentos do Brasil, disponibilizando informações sobre como estabelecer e administrar um negócio no país e sobre programas de incentivo do governo para ajudar a expandir negócios em setores selecionados. 

null
Eventos

Fórum de Investimentos Brasil

Inscreva-se hoje para o maior evento de atração de investimentos da América Latina. Aproveite esta oportunidade única para agendar reuniões com autoridades brasileiras de alto nível, incluindo ministros e autoridades estaduais, representantes de agências reguladoras e outras instituições governamentais.

null

Podemos ajudar?

Podemos ajudar?

Fale conosco e receba informações customizadas para o seu negócio.

Daniel Prates
Fale com Daniel Prates
Analista de Investimentos

null

A Apex-Brasil tem assessorado com sucesso investidores estrangeiros no setor de energias renováveis ​​há mais de 10 anos.

Trabalhamos em estreita cooperação com importantes stakeholders públicos e privados para ajudá-lo a obter os melhores resultados para o seu plano de investimento. Fale conosco e descubra como podemos atendê-lo.